Alexandre Barros
Motociclismo

Filho de um ciclista, Alexandre Barros mostrou talento para o motociclismo. Paulista de Barueri, acumulou títulos em várias categorias: bicampeão brasileiro no ciclomotor e na 250cc, campeão brasileiro na 50cc. Piloto mais jovem a estrear na categoria principal, a 500cc, foi quatro vezes o quarto colocado no Mundial da modalidade (1996, 2000, 2001 e 2002). Tem sete vitórias no Moto GP, outros 32 pódios, cinco pole positions e 14 voltas mais rápidas.

História

Alexandre começou sua carreira aos oito anos de idade, já com o título de campeão de minibikes. Foi campeão brasileiro de 50cc e, em 1985, de 250cc. Iniciou a carreira internacional no ano seguinte, competindo pelo Campeonato Mundial de Motovelocidade na categoria 80cc.

Em 1990 estreou na categoria máxima, a 500cc, na equipe Cagiva, com Randy Mamola, Ron Haslam e Eddie Lawson como companheiros de equipe. Transferiu-se para a Lucky Strike Suzuki em 1993, com Kevin Schwantz como parceiro, e obteve sua primeira vitória no mundial, no Circuito de Jarama, na Espanha. O atleta também passou pela equipe Yamaha Gauloises, em 2003, e pela Honda HRC, em 2004.

Depois de disputar o Mundial de Superbike em 2006, Alexandre retornou ao MotoGP em 2007 para a sua última temporada, pela Pramac d’Antin, equipe satélite da Ducati, e ficou com o terceiro lugar no Grande Prêmio da Itália, em Mugello.