Fernando Meligeni
Tênis

O tenista apelidado de “Fininho” mudou-se para da Argentina para o Brasil com quatro anos de idade e foi o primeiro estrangeiro naturalizado brasileiro a disputar uma Olimpíada. Conquistou o quarto lugar nos Jogos de Atlanta/1996, melhor resultado do tênis brasileiro em olimpíadas. Campeão dos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo/2003, foi escolhido melhor atleta daquele ano pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB). Tem na carreira dez títulos em torneios ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) e sete títulos de torneios Challengers. Hoje, é comentarista de tênis na ESPN, onde também apresenta o programa Entrando de Fininho, em que entrevista e joga com seus convidados.

HISTÓRIA
Fininho começou a praticar tênis inspirado pela irmã, também tenista. Adolescente, voltou para a Argentina para se aperfeiçoar no esporte, e venceu os principais torneios juvenis: o Sul-Americano, o Banana Bowl e o Orange Bowl, em 1983, atingindo o posto de tenista nº1 da Argentina e do mundo em sua categoria.

De volta ao Brasil, conquistou sua primeira vitória em torneios ATP em 1991, ao bater Cássio Motta no Guarujá. Em 1996, a temporada foi de glórias para Meligeni. Além de conquistar seu segundo título de torneios ATP, foi semifinalista dos Jogos de Atlanta e ficou com a medalha de bronze, depois de perder de virada para o indiano Leander Paes. A disputa foi considerada pelo site especializado Bleachreport.com, em 2012, como um dos 20 momentos mais marcantes do tênis em olimpíadas.

Sua melhor performance foi alcançada em 1999, quando bateu Pete Sampras no saibro de Roma, chegando à semifinal do torneio de Roland Garros, o que o levou para a 25ª posição do ranking mundial. Meligeni encerrou sua carreira nas quadras com o ouro nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo/2003. No mesmo ano, idealizou a Copa Fino de Tênis, para atletas amadores. Em 2005, foi nomeado capitão do time brasileiro da Copa Davis. Em 2010, foi incluído na Calçada da Fama do Maracanãzinho.